build a website for free
Mobirise

A Árvore e a Aranha

Era uma vez uma aranha que um dia, cansada de se sentir feia, resolveu mudar de vida e se tornar a criatura mais doce e amável de todo planeta...

"A Árvore e a Aranha" é um espetáculo para crianças e adultos que comunica sobre os efeitos da tristeza e da alegria. Apresentado por dois atores músicos a peça "A Árvore e a Aranha" utiliza-se da técnica do teatro de papel, bonecos e música ao vivo, para narrar a aventura de uma aranha que se sentia muito feia e amarga. Certa vez, já cansada de se achar feia, a aranha resolveu mudar e fazer sua teia no tronco de uma árvore linda, que dava frutos lindos, de todos as tipos e de todas as cores. A aranha pensou que desta forma iria tornar-se bonita e querida por todos, mas o tempo passava e aranha continuava a mesma, se achava ela uma aranha amarga, feia e sem graça.

Certo dia, um grilo andarilho que passava por aquelas bandas, um violinista famoso de uma grande orquestra que viajava pelo mundo sem destino, resolveu parar para descansar à sombra daquela árvore em que a aranha vivia. E enquanto descansava, o grilo fazia soar sua música de noite e de dia, enquanto a aranha, feia e amarga se deleitava com as canções que o grilo fazia. Foi então que um dia, uma coisa assombrosa aconteceu, a aranha se apaixonou pelas canções que grilo fazia, e a partir daquele dia, a aranha não mais se sentia feia e amarga, a aranha passou a se ver bonita e cheia de vida e descobriu que era por conta do amor que sentia nas canções que o grilo fazia. O Amor é coisa mágica que faz todo feio ficar bonito.

O espetáculo revela o poder das nossas fantasias e reafirma que o nosso corpo é feito de fantasias, "quem tem fantasia feia, fica feio feito a fantasia, quem tem fantasia bonita, fica bonito feito a fantasia". A Árvore e a Aranha é uma estória escrita por Ruben Alves no ano de 1993, dedicada às crianças que lutam contra o câncer. Através desta estória Ruben Alves nos ensina que o melhor de tudo é o amor, e que para as grandes doenças, tanto do corpo quanto da alma, só o amor pode curar.

Ficha Técnica

Elenco:
Renata Mucci
Rudah Silva
Valdo Matos

Cenografia e Figurinos:
Equipe No Mundo da Lua

Trilha sonora:
Rudah Silva e Valdo Matos

Coordenação de produção:
Valdo Matos e Renata Mucci

Realização:
No Mundo da Lua