Histórico

A companhia teatral No Mundo da Lua foi fundada em 1995 pelos atores Valdo Matos e Renata Mucci, na cidade de Campinas (SP). Logo no início da carreira a companhia se destacou no aprimoramento do trabalho de ator como veículo fundamental de expressão teatral, esse caráter singular de interesse pelo desenvolvimento técnico e artístico do grupo estendeu-se para as áreas de teatro de animação, a improvisação e as linguagens e técnicas do palhaço. No teatro de animação. O grupo norteia suas produções e pesquisas na área de construção e manipulação de bonecos buscando um ressignificado de objetos e materiais. O inicio dessa atividade se deu a partir do ano de 1995 através da participação do grupo em cursos e oficinas ministrados por reconhecidos nomes do teatro de animação como Steven Motran (Inglaterra), Javier Peraza (Uruguai) e Massimo Schuster (França).

 

No ano de 1996 o grupo passa a buscar também a técnica da palhaçaria participando do terceiro retiro de clown ministrado por Carlos Simioni e Ricardo Puccetti do LUME (Núcleo Interdisciplinar de pesquisas Teatrais da UNICAMP), posteriormente a companhia passa a buscar outros mestres do teatro e da palhaçaria entre eles Sue Morrison (Canadá), Moshe Cohem (EUA), Ângela de Castro (Inglaterra), Leris Colombaioni (Itália) e Philipe Gaulier (Inglaterra) e Avner Eisenberg (EUA). No ano de 1998, em parceria com o grupo teatral espanhol Los Titiriteros de Binefar, a companhia "No Mundo da Lua" circulou com o espetáculo "Gags e Pantomima" por diversas cidades da Espanha. Entre os espetáculos do grupo estão Aplausos O Solo é Mio, O Segredo do Curumim, Gags e Pantomima, Caramel Clown, Cada Um é Um, O Iluisionista e A Árvore e a Aranha livre adaptação da obra de Rubem Alves.

 

Em 2002 o grupo passa a se dedicar à produção e direção de bonecos para teatro e vídeo, além de circular com seu repertório por hospitais, favelas, praças, escolas rurais, asilos e outros espaços dentro e fora do Brasil. No ano de 2011 a companhia estreou o espetáculo "Cada Um é Um" e desde então segue com sua proposta ambiciosa e instigante de apresentar um espetáculo teatral 100% inclusivo e acessível a todo tipo de público trazendo os recursos da audiodescrição, interprete de libras e legenda eletrônica para falar do tema inclusão social e o respeito às diferenças. A ideologia do grupo No Mundo da Lua Teatro é poder compartilhar com os mais variados tipos de público  os resultados de suas pesquisas em apresentações teatrais nos mais diversos tipos de espaços: dentro e fora dos grandes eixos de circulação teatral.